Grupo GCI

GCI é uma marca de comunicação com mais de 25 anos de presença no mercado nacional. Oferece aos seus clientes uma abordagem global e integrada.

WMK é uma agência de brand activation, design e arquitetura que há mais de 10 anos ativa emoções nas marcas e nos seus clientes.

 

A Virtual Arena é uma sala para eventos em 3D, que permite realizar, decorar, customizar e criar toda a experiência de um evento, mas de forma virtual.

Grupo GCI

Juntas somos o grupo GCI, uma consultora de comunicação 360º

Valores & Atributos

Compromisso

» Desenvolvemos o nosso trabalho de forma íntegra com responsabilidade e com o foco nos nossos clientes e parceiros no negócio

 

Entusiasmo

» Trabalhamos com paixão, em equipa e com espírito de equipa Orientação para o Cliente » definimos e implementamos estratégias e projetos orientados para os objetivos dos nossos clientes

 

Orientação para o Cliente

» Definimos e implementamos estratégias e projetos orientados para os objetivos dos nossos clientes

 

Criatividade

» Criamos projetos disruptivos

 

Inovação

» Apostamos em soluções inovadoras

Áreas de Competência

Com foco na obtenção de resultados, trabalhamos sempre com uma estratégia bem definida e adaptada às necessidades de cada marca, seja na assessoria de comunicação, na gestão de redes sociais ou na organização de um evento.

Corporate Reputation Management & Media Relations, Public Affairs & Special Projects, Crisis Management. Digital, Design, Events, Brand Activation, Architecture.

CEO Bruno Batista

Bruno Batista é natural de Elvas, apesar de ter crescido no interior do Alentejo, sempre se viu no centro da península ibérica e tentou tirar partido da localização geográfica para conhecer em simultâneo duas culturas de raíz. Tímido e introvertido em criança, foi na adolescência, através da rádio escola do ciclo onde estudava, que aos 13 anos chegou à Rádio Renascença, estúdio regional de Elvas, onde diz que fez de tudo. De discos a pedidos a relatos de futebol, e onde ganhou o gosto de comunicar. Foi também contagiado pelo apelidado de “bichinho da rádio” vício que diz, um dia vai retomar.

Criou um blog no inicio do século “voar ao lado dos pássaros” que se tornou uma coluna mensal numa revista regional. Estudou Jornalismo e Comunicação no Instituto Politécnico de Portalegre. Antes de terminar, entrou numa aventura gigantesca, e com 20 anos, ingressa no departamento de comunicação da Delta Cafés, experiência que lhe mudou o rumo de vida. Trocou o microfone pelo computador, e aplicou a criatividade no planeamento estratégico de comunicação e publicidade.

Amante de música, usou essa paixão para aproximar marcas de consumidores, e descobriu o prazer de produzir eventos, juntar pessoas e criar experiências através de momentos únicos.

Aos 26 anos e depois de ser director de marketing da multinacional francesa Smartbox, líder no mercado de experiências, e de vários anos na Delta Cafés, decidiu fundar a sua empresa. A WMK (WeMaKe) nasce da vontade de trabalhar multi marcas e sectores. A necessidade de criar para diferentes realidades, o desafio de, ao longo de um dia, pensar para áreas tão distintas como banca ou bebidas, passaram a fazer parte da agenda da agência que não parou de crescer.

Em 2019 comprou a GCI, agência de comunicação com mais de 25 anos e uma das principais do sector em Portugal. Foi David contra Golias, mas o risco e a vontade de empreender, são características vingadas na personalidade do jovem empresário.

Ao longo do tempo, o portfólio do grupo empresarial soma marcas como Montepio, Channel, Volvo, Pepsi, Lusitânia Seguros, Sonae, Boticário, Castrol, Delta Cafés, Decathlon, Mac Donalds, MEO, Sumol Compal, Dan Cake, CUF, Holmes Place, NOS, LG, Tv Cine, entre outras.

Não gosta de olhar para trás, não gosta de falar dos projectos que correram bem, não se esquece de nenhum erro cometido. Focado na melhoria, viciado no novo, no diferente e disruptivo, Bruno Batista afirma com frequência, que na indústria criativa é como na política, não se conquistam clientes com base no que fizemos no passado, mas sim naquilo que fazemos acreditar que conseguimos criar agora.

Tem carro mas não gosta de conduzir, habitualmente anda de moto, faz surf mas não é um surfista, entra na água como forma de desligar de tudo, afirma que a surfar só conta a próxima onda, não há mais nenhum problema para gerir. Os tempos livres são para o seu cão, e para as viagens, uma das suas principais fontes de inspiração. A profissão que mais inveja é a de guionista, a capacidade de criar estórias sempre o fascinou.

Em 2020 e em plena crise, nasce o www.virtualarena.pt um projecto de inovação, capaz de revolucionar a realização de eventos digitais, que permite que uma das principais indústrias afectadas pela crise sanitária do COVID-19 possa voltar a funcionar. Congressos, concertos, feiras, exposições, reuniões de vendas ou conferências, são alguns dos exemplos de eventos, que esta plataforma permite realizar através de experiência virtual singular.